a gente tem que se acostumar com isso?

03/02/2009 at 1:04 1 comentário

Sou morador de uma cidade que já foi muito badalada como a primeira em qualidade de vida no estado e a quarta no Brasil. Meu apartamento, pequeno e nada luxuoso, fica num bairro que antes tinha um nome, Cubango, mas agora, por conta da especulação imobiliária que assola Niterói desde os primeiros governos de Jorge Roberto Silveira, passou a ser Santa Rosa (que ficava lá embaixo, mas agora virou Jardim Icaraí, que antes disso tudo nem existia). Ou seja, tudo para encarecer o IPTU que é considerado o mais caro do país. Pra onde vai o dinheiro deste imposto? Bem, todos sabem que deveria ir, como vários outros, para melhorias da nossa cidade, mas, como também já virou praxe, não vai, some no meio do caminho nos bolsos e contas bancárias de algumas pessoas. O meu bairro, ex-Cubango, atual Santa Rosa, tem uma das ruas que mais engarrafa na cidade, justamente a que eu moro. O bicho começa a pegar às 6 da manhã (quem trabalha no Centro do Rio, por exemplo, e deseja chegar pontualmente às 9 da manhã, tem que sair daqui nesse horário porque ainda terá que enfrentar uma fila monstruosamente gigante na estação das barcas ou um outro tanto de tempo perdido na Ponte Rio-Niterói) e vai até as 20 horas, dependendo do dia. Como em todo o resto da cidade, prédios altíssimos brotam do chão numa velocidade absurda, aumentando dia mais o número de veículos e pessoas circulando. Não sei mesurar qual a extensão da Noronha Torrezão, mas posso garantir que caminhar toda a sua extensão, a passos largos, leva uns 25 minutos aproximadamente – quem quiser, pode conferir no Google Maps pra ter uma idéia de seu tamanho. Pois sabem quantas lixeiras de rua há na Noronha Torrezão? Duas, se muito. Anda-se metros e metros e você não vê NENHUMA lixeira pelos postes da rua.

Agora há um novo hábito nas redondezas: o tiroteio. Na semana passada, durante três noites seguidas, acordei assustado de madrugada ao som de fuzis, metralhadoras e pistolas (não conheço nada de armas, falo dos sons que reconheço através de filmes e TV). Agora me surpreendo que essa nova atividade de alguns dos moradores da região esteja sendo adiantada para as 19 horas. Tenho o aniversário de um amigo pra ir mas, ao mesmo tempo, fico com medo de sair de casa e levar uma bala perdida no meio da cara. Até quando teremos que suportar isso? Até quando o descaso e desrespeito dos políticos permitirão que nós, que pagamos nossos impostos em dia e ganhamos a vida de forma honesta, fiquemos prisioneiros dentro de nossas próprias casas com medo de sair e não voltar? Quando acabará a palhaçada de se afirmar que o estado está preparado pra sediar grandes eventos como uma Copa do Mundo (?) e Jogos Olímpicos (???) quando situações como essa ainda acontecem?

Ai, só pra desabafar mesmo… Queria que Jorge Roberto Silveira morasse onde moro…

Anúncios

Entry filed under: Meu mesmo. Tags: .

eu tô de bom humor! under pressure

1 Comentário Add your own

  • 1. marta  |  03/02/2009 às 15:26

    É…

    Realmente está complicado. Vivemos em guerra.

    Aqui no Rio já está ruim há muito tempo, mas agora está piorando e MUITO. Há uns dias teve a guerra aqui na Mangueira. Daqui de casa deu pra ver a fumaça de um dos ônibus queimados numa das ruas de maior movimento do Rio e que faz a ligação da zona norte para o subúrbio. E para eu ir pra UERJ (que fica ao lado da Mangueira) nesse dia? Tive aula ao som de helicóptero e várias sirenes de ambulância, bombeiros e polícia.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


fevereiro 2009
D S T Q Q S S
« jan   mar »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728

%d blogueiros gostam disto: