PGAs

12/04/2009 at 22:16 1 comentário

Sou leitor diário do Blog das PGA, um site que tira sarro daquelas pessoas sem noção que povoam o orkut. Apesar dos comentários cruéis, é uma triste realidade se constatar que as pessoas perdem o senso de ridículo ao exporem suas vidas a qualquer um. Não sei se é falta de senso, carência, auto-afirmação, necessidade de aparecer ou tudo isso junto. Num dos posts recentes, li um comentário com o qual concordo demais (provavelmente escrito por uma mulher):

É uma coisa que não me entra na cabeça de jeito algum.
A mulher é bonita, tem um corpo bonito. Precisa pagar de p*** no orkut e se expor dessa forma?

Mas como o Brasil é o país das mulheres-frutas, essas garotinhas pensam q o futuro delas depende da bunda q elas têm. Mt triste…

Aff…anos e anos de passeatas a favor da liberação feminina pra chegar uma dessas e acabar com td!
ngm merece viu!
¬¬'”

É realmente, na minha opinião, preocupante o nível que as pessoas têm chegado. A popularização das mulheres-frutas (e antes disso, as Carlas Perez e demais mulheres do É o Tcham) fez com que as meninas tomassem como atitude “sensual” o fato de mostrar a bunda como se fosse a coisa mais importante da vida delas. Não me conformo, já disse isso aqui antes, com essas Moranguinhos, Melancias e demais frutas que veem uma câmera e logo se encostam no que tiver pela frente, seja carro, muto, cadeira, cavalo…, e logo arrebitam o bundão pra serem fotografadas. Depois são chamadas de piranhas, putas e similares e reclamam. Podem reclamar? Eu acho que não. Se vulgarizam, se desvalorizam, se mostram serem apenas pedaços de carne expostos numa vitrine de açougue. O pior é que são “modelos” para as crianças que acham que dançar, se vestir e posar para fotografias como essas “coisas” (me recuso a denominá-las como mulheres porque esta palavra tem pra mim um sentido muito, mas muito maior do que elas são) são coisas legais, normais e sensuais. Despertam precocemente uma sexualidade que as crianças não deveriam ter (coisa que é culpa dos pais também que não sabem dar limites) e ajudam a proliferar a difamação da MULHER como objeto carnal. Não sou hipócrita, nem careta a ponto de achar que tudo é amoral. Mas pelamordedeus, né? Acho que já ultrapassamos o limite da sensatez e tá mais do que na hora dessas senhoritas e senhoras se tocarem de que ser MULHER de verdade tá bem longe de arrebitar o bundão pra todo mundo ver.

Anúncios

Entry filed under: Dos outros com fuxicos meus. Tags: , .

Disney se repete 101 variações da última ceia

1 Comentário Add your own

  • 1. marta  |  13/04/2009 às 19:06

    Esse blog é uma tristeza. Triste ver a que ponto chega a humanidade! rsss….

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


abril 2009
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

%d blogueiros gostam disto: