terra de marlboro

17/09/2009 at 13:23 Deixe um comentário

ewing-galloway-cowboy-and-sunset

Hoje acordei cedo e, por conta da preguiça que dominava meu ser, permaneci deitado na cama. Liguei a TV e assisti a dois telejornais matinais, o Bom Dia Rio e o Bom Dia Brasil. Sou um cara que me considero relativamente informado sobre os últimos acontecimentos mas hoje, de certa forma, as notícias “bateram” de forma diferente em mim. No jornal estadual falou-se de assaltos, arrastões e demais pragas que assolam o Rio de Janeiro. No jornal veiculado pro país inteiro, os destaques foram o caso da mãe que estimulava a filha a enfiar a porrada numa colega de escola numa briga filmada em um aparelho de celular; jovens de Belo Horizonte que que enchem a cara em lojas de conveniência de postos de gasolina e saem dirigindo depois de alcoolizados, mesmo com a presença de policiais nos locais; os deputados federais decidiram ontem, numa sessão rapidíssima – o tempo entre a chegada da proposta e a votação foi mínimo – que políticos que têm “ficha suja” podem se candidatar sem problema algum… ou seja, somente coisas que me fizeram pensar: LEIS, PRA QUÊ?!?!?!

O Brasil se tornou uma terra de ninguém. Não há mais a preocupação em se obedecer leis, não há mais regras de conduta. Agora é cada um por si e Deus por todos. Consciência social? O que é isso? Se políticos que roubam, matam e respondem judicialmente por estes e outros crimes ficam impunes, policiais e bandidos se diferenciam apenas por causa da farda e podem sair atirando e roubando a esmo, por que os cidadãos têm que, por exemplo, obedecer a lei seca e evitar dirigir alcoolizados, colocando em risco não só suas vidas como também a de terceiros? Em tempos de iPod, iPhone, iTudo, o que prevalece é a iVontade, o que vale é o que vai na cabeça de cada um, sem que se leve em consideração o outro. Não há mais respeito a nada. Aumentam os casos de assaltos, invasões a domicílios, badernas e tudo mais. Tenho medo de como a situação vai ficar a curto prazo. Não vejo, infelizmente, uma solução que nos garanta um amanhã digno. Cresci ouvindo que o Brasil é o país do futuro. Hoje eu tenho dúvidas em relação a isso. Vontade de sumir daqui…

Anúncios

Entry filed under: Meu mesmo. Tags: .

os pavorosos anos 80 – parte 1 os pavorosos anos 80 – parte 2

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


setembro 2009
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

%d blogueiros gostam disto: